Blog do Paulo DAuria

18/12/2015

Modesto

tem quem pense que a poesia é tudo (poucos)
tem quem ache que a poesia é nada (muitos)
eu sou mais realista: não acredito na física
sei que a poesia é a matéria que constitui o mundo
o pó que havia antes das estrelas
a energia que faz o mundo

girar e parar
no ar

tem quem pense que poesia tem quer social
tem quem ache que se for social não é poesia
eu não brigo
poesia cada um tem a sua
um abismo em cada umbigo
um espanto em cada canto

eu vivo da poesia barata que cato no meio das latas dos ratos
tem quem prefira os literatos
a poesia é um vale tudo
briga de rua e tapas de pelica

eu passo longe
não faço isso pra mudar você
sou mais modesto:
só faço poesia pra mudar o mundo


Escrito por Paulo DAuria às 16h04
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   
Histórico

OUTROS SITES
    Barriguinha Man
  Eu na Germina
  Lixo/Poesia na Germina
  Poetas do Tietê
  Pastando em São Paulo
  Sampictures
  O Trombone
  SP - 457
  Virada Cultural 2011
  Pescaria no Tietê


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog