Blog do Paulo DAuria

27/12/2014

Realidade Muda



Fotografia: Óscar Curros

 

Parece que foi ontem, hoje. Não mudou nada, parece. Lembra? Já faz tempo eu vi você na rua, cabelo ao vento. Esquece. Há quem me chame — xingue — de idealista. Eu? Não sei. Há quem, admiro. Conformismo deriva de forma, estude latim. E não use realismo se não vive na realidade. Não põe os pés na calçada. Os buracos, o asfalto, o barro. A fome. A desesperança. A violência. E as crianças correndo no meio de tudo. Brincando. Sim, as crianças brincam. Ainda. Sempre. Lembra?
Hoje, parece ontem. Não mudou nada. Nunca.


Escrito por Paulo DAuria às 17h03
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   
Histórico

OUTROS SITES
    Barriguinha Man
  Eu na Germina
  Lixo/Poesia na Germina
  Poetas do Tietê
  Pastando em São Paulo
  Sampictures
  O Trombone
  SP - 457
  Virada Cultural 2011
  Pescaria no Tietê


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog